00:00:00
11 Aug

Seguro garantia além do judicial: completion bond é a grande aposta da Swiss Re Corporate Solutions

28 de junho de 2018
1749 Visualizações

A expectativa da retomada de projetos de infraestrutura no próximo ano traz oportunidades para o desenvolvimento do seguro garantia tradicional no médio e longo prazo.

Com a restruturação da economia brasileira, o mercado de seguro garantia promete avançar. Segundo estudos do Banco Bradesco, a retomada econômica do País, mesmo que lenta, é uma tendência para os próximos anos, o que atrai investimentos externos e, consequentemente, gera expectativa de retomada de projetos de infraestrutura. Com um cenário econômico mais favorável, o mercado de construção cresce e traz oportunidades para o seguro garantia tradicional, como por exemplo, a modalidade de completion bond.

Com o objetivo de mitigar riscos e assegurar o fiel cumprimento de contratos, o seguro garantia atende a diferentes setores, como obras e projetos de infraestrutura, fornecimento de bens e equipamentos, concorrências ou licitações, prestação de serviços, dentre outras obrigações. No caso do seguro garantia completion bond, por exemplo, o seguro garante a conclusão de uma construção ou de um projeto, mesmo se a capacidade financeira do contratante falhar durante a obra. Essa e outras modalidades de seguro garantia tradicional são, portanto, ideais para países que vivenciam um setor de infraestrutura aquecido.

“O seguro garantia nasceu nos Estados Unidos para fomentar a infraestrutura. Quando se tem confiança de que o país está indo para frente, consequentemente, existe uma retomada natural nos projetos de construção que, por sua vez, estimulam a contratação do seguro garantia tradicional. Vamos continuar tendo o seguro judicial como um produto importante, mas agora precisamos nos desafiar e explorar novas modalidades de seguro, como o completion bond”, comenta João Di Girolamo, Diretor de Seguro Garantia da Swiss Re Corporate Solutions.

João Di Girolamo falou sobre as oportunidades do mercado de seguro garantia para este ano em um diálogo com o mercado promovido pela Swiss Re Corporate Solutions no último mês, em São Paulo. O evento também contou com a participação de Estevão Scripilliti, Economista do Branco Bradesco, que apresentou um panorama sobre as expectativas da economia brasileira para os próximos anos.

Para o economista, a recuperação econômica brasileira está caminhando, mas de forma moderada. “As famílias estão menos endividadas hoje, em comparação com os últimos dois anos, e as contratações devem acelerar ao longo do tempo. A taxa de juros baixa também vai continuar com a gente por um longo período, diferente do passado”, comenta Scripilliti.

Outro aspecto que assegura o crescimento da economia, de acordo com os dados do executivo, é o preço das empresas estatais e a inflação. Considerando as ações das empresas listadas na bolsa, é possível perceber que os preços praticamente quadruplicaram de valor. Em relação à inflação, o Brasil está com quase dois anos ao redor de 3%. “O Brasil nunca conviveu com inflação tão baixa em um regime de câmbio flutuante”, disse Scripilliti.

Com base nos números do economista, Girolamo reforçou não apenas o completion bond como a grande aposta da companhia, mas oportunidades que o governo está criando para que seguradoras e corretores possam trabalhar com o seguro garantia tradicional. Iniciativas como o Programa Avançar de Parcerias está com 101 projetos em andamento, com investimentos previstos em R$ 144,2 bilhões. As alterações na Lei 8.666 também tem colaborado para um mercado de seguro mais ativo e justo e a expectativa é de que essa reforma crie um novo mercado.

“A reforma da Lei de Licitações vai criar um novo mercado de seguro garantia ao mesmo tempo que mantém o mercado tradicional vivo. As seguradoras vão precisar investir bastante na área de sinistros e na cultura de monitoramento, além de precisar contar com uma segurança jurídica para que possam ter maiores deveres”, completa Girolamo.

Néctar Comunicação Corporativa

You may be interested

SulAmérica cresce em receitas operacionais e avança em agenda ESG
SulAmérica
5 Vizualizações
SulAmérica
5 Vizualizações

SulAmérica cresce em receitas operacionais e avança em agenda ESG

Publicação - 11 de agosto de 2022

Durante o segundo trimestre de 2022, o Brasil observou certo arrefecimento da pandemia, com redução de internações e óbitos relacionados à COVID-19, porém, ao mesmo tempo, também…

Porto participa do 2º Congrecor
Porto
6 Vizualizações
Porto
6 Vizualizações

Porto participa do 2º Congrecor

Publicação - 11 de agosto de 2022

A Porto irá marcar presença na segunda edição do Congrecor (Congresso Regional Centro-Oeste e Minas dos Corretores de Seguros), evento coordenado pelos Sincors dos estados de Minas…

MDS Brasil torna-se apoiadora da Amazônia Care
MDS Brasil
19 Vizualizações
MDS Brasil
19 Vizualizações

MDS Brasil torna-se apoiadora da Amazônia Care

Publicação - 10 de agosto de 2022

A MDS Brasil, uma das principais corretoras do país no segmento de seguros, resseguros, gestão de benefícios e consultoria de riscos, passa a compor o rol de…

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mais desta categoria

WordPress Video Lightbox Plugin