00:00:00
17 Jul

Reconhecimento e apoio da franqueadora são fundamentais para bom desempenho da unidade

10 de julho de 2019
175 Visualizações

O reconhecimento profissional é uma característica fundamental que todo gestor deve ter para motivar sua equipe. Mostrar ao funcionário que ele importa e que é uma peça vital para o funcionamento da empresa é regra básica para manter o negócio saudável e produtivo, ainda mais no mercado de franquias onde toda a operação depende, literalmente, do desempenho dos franqueados.

Uma empresa se torna franquia justamente pela confiança que o público tem com a marca, seus produtos e serviços. “Mesmo com o respaldo e suporte da franqueadora, quem está na linha de frente é o franqueado e ele deve ter esse reconhecimento”, diz Vanessa Alves, diretora comercial da San Martin Seguros.

A importância dos franqueados na rede é tanta que a San Martin desenvolveu um programa de reconhecimento para aqueles com melhor desempenho na franquia, o franqueado Premium. “Essa gratificação é importante não só para reconhecer o trabalho, mas também para incentivar novos resultados”, salienta a diretora.

Referência entre os franqueados

Qualquer unidade da rede pode se tornar Premium e para conseguir o título o franqueado deve gabaritar alguns itens exigidos pela franqueadora, por exemplo: ter uma produção mínima de R$50 mil por mês em prêmios de seguros emitidos; receber, em média, 25% de comissão em todos os produtos vendidos; estar em dia com o pagamento dos royalties; entre outros.

Além disso, entre os produtos oferecidos pelo franqueado, alguns obrigatoriamente devem fazer parte do catálogo: 70% devem ser seguros para automóveis; 20% para consórcios e outros serviços financeiros; 5% benefícios (seguro de vida, saúde, odontológico, etc.); 5% outros ramos (frota, transportes, grandes riscos).

Ao apresentar todas essas características em sua operação (as competências são avaliadas semestralmente), o franqueado pode se tornar Premium, virando referência em toda a rede e tendo acesso a uma série de benefícios, como isenção adicional de 10% dos royalties fixos, direito de uso de materiais publicitários exclusivamente para unidades Premium e efetivação dos próprios seguros.

A San Martin possui cerca de 300 unidades em operação e, dentre elas, 65 são unidades na categoria Premium. “É notável o engajamento dos franqueados sabendo que podem ser um exemplo para toda a rede. Isso é motivação pura e traz resultados para todos os envolvidos”, afirma Alves.

mínima de R$50 mil por mês em prêmios de seguros emitidos; receber, em média, 25% de comissão em todos os produtos vendidos; estar em dia com o pagamento dos royalties; entre outros.

 

Além disso, entre os produtos oferecidos pelo franqueado, alguns obrigatoriamente devem fazer parte do catálogo: 70% devem ser seguros para automóveis; 20% para consórcios e outros serviços financeiros; 5% benefícios (seguro de vida, saúde, odontológico, etc.); 5% outros ramos (frota, transportes, grandes riscos).

 

Ao apresentar todas essas características em sua operação (as competências são avaliadas semestralmente), o franqueado pode se tornar Premium, virando referência em toda a rede e tendo acesso a uma série de benefícios, como isenção adicional de 10% dos royalties fixos, direito de uso de materiais publicitários exclusivamente para unidades Premium e efetivação dos próprios seguros.

 

A San Martin possui cerca de 300 unidades em operação e, dentre elas, 65 são unidades na categoria Premium. “É notável o engajamento dos franqueados sabendo que podem ser um exemplo para toda a rede. Isso é motivação pura e traz resultados para todos os envolvidos”, afirma Alves.

Fatos&Ideias Comunicação

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WordPress Video Lightbox Plugin